home > notícias

MUNDO

20/01/2020

Startups portuguesas finalista de prémio da ONU sobre inovação e turismo

A competição recebeu quase 5 mil inscrições de 150 países, segundo as Nações Unidas.

Na reta final ficaram três empresas de língua portuguesa, a HiJiffy que junta numa só página vários serviços de rede social, a Live Eletric Tours, que investe em carros 100% elétricos, equipados com internet e câmara, para passeios turísticos e a Luggit, a empresa que recebe e entrega malas de viajantes em qualquer parte do mundo.

Os países com o maior número de participantes são Espanha, seguida por Índia, Estados Unidos, Portugal, Nigéria e Colômbia.

Nesta segunda edição do prémio, avançaram as startups mais maduras. Cerca de 10% delas tiveram uma faturação de mais de 500 mil euros em 2018. Apenas sete empresas levarão o prémio final, que será concedido numa cerimónia em Madrid.

O objetivo deste prémio é incentivar empresas que irão liderar a transformação do setor de turismo de modo inovador e tecnológico. O denominador comum é atingir um futuro rentável e sustentável através da tecnologia e da criatividade. O prémio conta com apoio de parceiros como a Portugal Telecom, a Telefónica, Amadeus e outras companhias.

Este concurso é um dos projetos da Wakalua, o consórcio de inovação no turismo gerenciado pela Globalia em parceria com a OMT. A Wakalua vai abrigar as startups em seu desenvolvimento futuro.

As sete categorias da competição são deep tech, mobilidade inteligente, destinos inteligentes, hospitalidade perturbadora, desenvolvimento rural, soluções inovadoras de turismo e sustentabilidade. Estas duas últimas abrigam as finalistas de Portugal.

Os demais países, na final, são dos países México, França, Índia, Estados Unidos Rússia, Espanha, Peru, México, Marrocos, Romênia, Austrália e Países Baixos.

Fonte: Revista PORT.COM



NOTÍCIAS RELACIONADAS
06/07/2020
Lançada a primeira exposição digital de Arte Sacra do Brasil
06/07/2020
Canções, contos, filmes? Os desenhos de Manuel Vieira trazem isso tudo dentro deles
06/07/2020
Bienal de São Paulo adia edição deste ano para 2021 por causa da Covid
06/07/2020
Uma mostra para colocar Setúbal no mapa das artes performativas
06/07/2020
Morreu o escritor António Bivar, nome da nova dramaturgia do Brasil
06/07/2020
100 guitarras a tocarem juntas para os 100 anos de Amália