home > notícias

MUNDO

09/03/2020

1º Festival Internacional do Teatro Lambe-Lambe tem exposições gratuitas em Salvador

Criado por mulheres baianas, gênero teatral celebra 30 anos com extensa programação.

Genuinamente soteropolitana, a arte do Teatro Lambe-Lambe completa 30 anos com a realização do 1º Festival Internacional do Teatro Lambe-Lambe, evento que terá vasta programação neste mês de março em Salvador.

O mês começou com a abertura de uma exposição, no dia 5 de março, no Café Teatro Nilda Spencer, localizado na sede da Fundação Gregório de Mattos (FGM), na Barroquinha, e conta com ocupações em espaços públicos de Salvador, com mostras gratuitas em todos os finais de semana do mês.

Ao todo serão 12 dias com apresentações às sextas-feiras, sábados e domingos em diversos pontos da cidade. Sempre abertas ao público e ao ar livre. Campo Grande, Plataforma, Periperi, Cajazeiras, Rio Vermelho, Imbuí, Liberdade, Ribeira, Itapuã, Nazaré, Barbalho, entre outros bairros, integram a programação.

Gênero teatral criado na Bahia em 1980 pelas mãos de duas mulheres, as pedagogas e atrizes Denise Di Santos e Ismine Lima, o Teatro Lambe-Lambe consagra-se pela simplicidade do formato e pelo fazer artesanal.

Lúdico, itinerante, inclusivo e sustentável, o Teatro Lambe-Lambe tem como essência a magia dos antigos fotógrafos, e proporciona ao espectador uma experiência única e individual.

Confira a programação:

1º Festival Internacional do Teatro Lambe-Lambe

Exposição Teatro Lambe-Lambe
Abertura: 5 de março, 18h
Período: 6 a 29 de março de 2020
Local: Café Teatro Nilda Spencer
Visitação gratuita: segunda a sexta-feira, das 14h às 18h

Apresentações Gratuitas:

  • 6 de março (sexta-feira) | 15h30
    Praça 2 de Julho (Campo Grande) e Praça Planalto Real (Plataforma)

  • 7 de março (sábado) | 15h30
    Praça dos Dendezeiros (Periperi) e Largo da Mariquita (Rio Vermelho)

  • 8 de março (domingo) | 15h30
    Dique do Tororó e Praça da Juventude (Cajazeiras)

  • 13 de março (sexta-feira) | 15h30
    Praça da Inglaterra (Comércio) e Praça Largo da Ribeira

  • 14 de março (sábado) | 15h30
    Praça Ana Lúcia Magalhães (Pituba) e Praça Nelson Mandela (Liberdade)

  • 15 de março (sábado) | 15h30
    Av. Magalhães Neto (Pituba) e Praça do Imbuí

  • 20 de março (sexta-feira) | 15h30
    Praça Conselheiro Almeida Couto (Nazaré) e Praça Dorival Caymmi (Itapuã)

  • 21 de março (sábado) | 15h30
    Praça do Barbalho e Praça da Garibaldi

  • 22 de março (domingo) | 15h30
    Praça Marquês de Olinda (Garcia) e Praça de Santo Antônio

  • 27 de março (sexta-feira) | 15h30
    Quarteirão das Artes (Barroquinha)

  • 28 de março (sábado) | 15h30
    Largo de Santana (Rio Vermelho) e Praça João Amaral (Amaralina)

  • 29 de março (domingo)
    10h – Parque da Cidade
    15h30 – Farol da Barra

Fonte: G1



NOTÍCIAS RELACIONADAS
24/03/2020
Flip 2020 é adiada para novembro por causa do surto do novo coronavírus
24/03/2020
Vozes da Rádio lançam novo single gravado à distância e em quarentena
24/03/2020
Porta dos Fundos fará lives para idosos na web durante quarentena
23/03/2020
Ministério da Cultura de Portugal avança com medidas excecionais
23/03/2020
Festival português disponibiliza curtas online
23/03/2020
Prefeitura de São Paulo vai destinar R$ 103 milhões para artistas