home > notícias

MUNDO

23/03/2020

Museus e equipamentos de Cultura de SP ampliam oferta de conteúdo digital após coronavírus

Secretário estadual de Cultura diz que pasta intensifica acesso remoto de acervos para minimizar impacto de isolamento social, e estuda divulgação de 'aperitivo' online do Museu da Língua Portuguesa antes da reabertura.

Museus e equipamentos culturais de São Paulo começaram a ampliar a oferta de conteúdos em suas plataformas digitais, após o governo decretar o fechamento dos estabelecimentos por conta do avanço do coronavírus no país.

Dentre as ações, serão disponibilizados shows de música, concertos, visitas virtuais a museus, palestras, bate-papos, livros e espetáculos. A medida faz parte da orientação do governo estadual dada as organizações sociais responsáveis pela gestão dos 57 espaços culturais - dentre eles, teatros, programas de formação e corpos artísticos.

Segundo o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, o Museu da Imagem e Som (MIS), por exemplo, terá mais partes do seu acervo online, além exposições virtuais.

"O que ainda não está digitalizado, será para que possa ser disponibilizado. Isso vai acontecer com o conteúdo de exposições. O mesmo vale para as outras instituições no âmbito da secretaria. Vamos intensificar a disponibilização desses acervos", disse Sá Leitão.

A pasta também estuda uma forma de oferecer digitalmente uma espécie de aperitivo do Museu da Lingua Portuguesa. Na última quinta-feira (12), crianças de escolas públicas puderam testar algumas das novas tecnologias do espaço, após o espaço abrir para visitas em dias específicos antes da reabertura oficial, prevista para o final de junho.

"Já solicitamos à equipe do Museu, demos essa diretriz, para que se intensifique a presença online e eles estão vendo o que é interessante, o que pode ser disponibilizado como uma prova, um aperitivo, do que será o Museu", afirmou o secretário.

Na avaliação do secretário, no caso do Museu da Língua Portuguesa, a oferta digital precisa ser analisada de forma criteriosa para que não desestimule o público a viver a experiência presencialmente.

"A questão do Museu da Língua Portuguesa especificamente é que nós não queremos fazer com que depois a abertura perca o seu interesse porque o conteúdo já foi disponibilizado, então é preciso ajustar a dose para que haja essa presença online, haja disponibilização de conteúdo, mas que isso não seja um fator de produção de perda de interesse depois para se ter a experiência do museu ao vivo e em cores."

Sobre a reabertura, o secretário afirma que previsão segue sob análise. "Obviamente que isso vai depender da duração desse enfrentamento ao coronavírus. Se houver ainda alguma possibilidade de risco, não faremos a reabertura na data que estava prevista, em 25 de junho (para convidados) e para o público no dia 27. Eu espero que seja possível, que seja viável manter esta data. De qualquer maneira, o museu estará pronto para ser reaberto na última semana de junho", disse o secretário.

 

Orquesta Sinfônica

 

As ações também ocorrerão no âmbito da OSESP, da Escola de Música Tom Jobim, da SP Companhia de Dança.

No caso da Orquestra Sinfônica, o secretário afirma que haverá gravações para serem divulgadas nos sites. A ideia é registrar apresentações de solistas ou duetos e ofertar tal conteúdo virtualmente.

"É possível fazer solos, duetos sem que isso seja um risco a saúde dos músicos. Já estudamos isso com uma consultoria também médica e isso foi considerado adequado. Então faremos o registro, a filmagem e gravação do áudio, solo ou em dupla, e vamos disponibilizar conteúdos", explicou.

"Temos na orquestra alguns melhores dos solistas do Brasil nos seus instrumentos, então estamos falando de música de altíssima qualidade que será disponibilizada nos próximos dias para que as pessoas possam ter um alento e fruir cultura, fruir arte, nesse período de distanciamento social", disse o secretário.

Ainda de acordo com o secretário a, a lista será atualizada diariamente com novos conteúdos. A lista completa pode ser conferida no site: http://www.cultura.sp.gov.br/culturaemcasa

Fonte: G1



NOTÍCIAS RELACIONADAS
24/03/2020
Flip 2020 é adiada para novembro por causa do surto do novo coronavírus
24/03/2020
Vozes da Rádio lançam novo single gravado à distância e em quarentena
24/03/2020
Porta dos Fundos fará lives para idosos na web durante quarentena
23/03/2020
Ministério da Cultura de Portugal avança com medidas excecionais
23/03/2020
Festival português disponibiliza curtas online
23/03/2020
Prefeitura de São Paulo vai destinar R$ 103 milhões para artistas