home > notícias

MUNDO

06/04/2020

Animação de Regina Pessoa premiada no Japão

Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias venceu o Prémio de Excelência num festival em Tóquio, que decorreu online.

O filme de animação Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias, de Regina Pessoa, acrescentou mais uma distinção ao já vasto palmarés que vem acumulando desde a sua estreia, no ano passado: venceu agora o Prémio de Excelência na competição de curtas-metragens do Festival de Cinema de Animação de Tóquio. Os vencedores da edição deste ano foram anunciados no site oficial do festival.

Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias é distribuído e promovido pela Agência da Curta-Metragem e co-produzido entre Portugal (Abi Feijó, Ciclope Filmes), França (Reginald de Guillebon, Les Armateurs) e Canadá (Julie Roy, ONF).   

Desde a estreia, em Junho do ano passado, na Croácia, a curta de 13 minutos foi já distinguida em vários festivais, entre os quais o de Annecy, em França, com o Prémio Especial do júri, o festival Animamundi, no Brasil, e o Caminhos do Cinema Português, em Coimbra.

Em Janeiro deste ano, venceu na América o prémio de Melhor Curta-Metragem nos Annie. Considerados os “Óscares” do cinema de animação, os Annie distinguem produções em curta e longa-metragem, e são atribuídos anualmente pela Sociedade Internacional de Cinema de Animação.

Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias é uma homenagem ao tio de Regina Pessoa, “um homem humilde e um pouco excêntrico, que teve uma vida simples e anónima”, e foi criado “a partir das memórias afectivas e visuais” da infância da realizadora. “Com este filme, eu gostaria de testemunhar que não é preciso ser-se alguém para se ser excepcional na nossa vida”, diz a autora na sinopse da sua obra.

A realizadora portuguesa, que começou a trabalhar como animadora nos filmes de Abi Feijó, pertence, desde 2018, à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, por convite da organização. É autora, entre outros títulos, das curtas-metragens A Noite (1999), História Trágica com Final Feliz (2005) e Kali, o Pequeno Vampiro (2014).

O Festival de Animação de Tóquio recebeu este ano 1054 inscrições, de 67 países, para a competição de curtas-metragens, das quais foram nomeados 32 filmes. Devido à pandemia da covid-19, o festival decorreu no mundo virtual, com os visionamentos e as reuniões do júri a serem feitos online.

Fonte: Público



NOTÍCIAS RELACIONADAS
14/07/2020
Clube Português de São Paulo comemora hoje 100 anos de fundação
14/07/2020
Grande Prémio de Romance e Novela da APE com cinco finalistas
14/07/2020
ABL firma parceria para distribuição de 4,5 mil livros
14/07/2020
Três co-produções portuguesas na competição de curtas do Festival de Locarno
14/07/2020
MP que libera R$ 3 bilhões para o setor cultural brasileiro é publicado
14/07/2020
Rede de Museus do Douro lança passaporte que dá descontos