home > notícias

MUNDO

27/04/2020

Cursos teóricos sobre arte ganham espaço em plataformas digitais

Museus fechados, viagens canceladas… A crise causada pelo novo coronavírus tem imposto empecilhos aos amantes da arte. Entretanto, para quem está em quarentena e com tempo disponível, este pode ser um bom momento para aprofundar os conhecimentos na área e, assim, também tornar mais proveitosa a experiência futura ao apreciar uma obra de arte de perto.

Entre as tantas iniciativas online que têm surgido nestes tempos de isolamento social, cursos voltados à história da arte tornam-se boas opções para quem está atrás de novos aprendizados. A seguir, apresentamos uma seleção de cursos que englobam assuntos variados – desde as relações entre arte e mitologia grega até o surgimento da arte moderna e contemporânea. Alguns deles ainda abordam as relações entre arte e áreas como filosofia e moda.

MAM. O pesquisador Felipe Martinez apresenta o curso Arte e Mitologia, no qual aborda, em oito lições, como vários artistas representaram os mitos presentes nas obras literárias da Antiguidade, como a Ilíada e a Odisseia, de Homero. A primeira aula, gratuita, em 27 de abril, explora o tema As Paixões Mortais de Zeus, mostrando como as figuras de Europa, Danae e Leda aparecem nas pinturas de artistas como Rembrandt e Ticiano. As aulas ocorrem às segundas-feiras, das 19h30 às 21h, até 15 de junho (8 aulas: R$ 510; aula avulsa: R$ 80).

Também no MAM, a crítica de arte Magnólia Costa ministra o curso Filosofia e Arte Contemporânea. Ele já está em andamento, mas é possível acompanhar aulas avulsas. A cada lição, a produção de um artista contemporâneo ganha destaque. No próximo encontro, por exemplo, é a obra da fotógrafa Nan Goldin que será discutida. O curso ocorre às quintas-feiras, das 10h30 às 12h, até 9 de julho. Cada aula custa R$ 105. As inscrições são pelo site: bit.ly/cursosmam20.

Masp Escola. Promovidos pelo Masp, há três cursos semestrais já em andamento. No entanto, as aulas acabaram de começar e as primeiras foram bem introdutórias, como explicam os organizadores. Assim, ainda vale correr para se inscrever. Até 29 de junho (às segundas e terças-feiras e, posteriormente, apenas às segundas-feiras), a pesquisadora Juliana Ferrari Guide apresenta uma visão panorâmica dos principais artistas do Renascimento italiano, de Giotto a Tintoretto.

Até 7 de julho (às terças e quartas-feiras e, depois, apenas às terças-feiras), Felipe Martinez e especialistas convidados propõem lições sobre a arte do século 19, de David a Van Gogh.

Ministrado por Veronica Stigger, Ivair Reinaldim e Júlia Rebouças, sob coordenação de Daniel Jablonski, o terceiro curso analisa, até 1.º de julho (às quartas e quintas-feiras e, depois, apenas às quartas-feiras), a produção artística desde a segunda metade do século 19 até os dias de hoje.

Todos os cursos ocorrem das 19h30 às 21h30 e custam, cada um, R$ 1.471,50, com possibilidade de parcelamento. As inscrições devem ser feitas pelo site: masp.org.br/masp-escola.

Adelina Instituto. O instituto, que costuma promover exposições, atividades educativas e residências artísticas, está com as portas fechadas desde o estabelecimento da quarentena. Agora, tem promovido cursos online. Entre 27 de abril e 11 de maio, às segundas e quartas-feiras, das 18h às 19h30, um deles aborda as relações existentes entre a arte e a moda. Doutorando em História da Arte pela Unicamp, Lorenzo Merlino apresenta cinco aulas (R$ 200) que mostram essa ligação desde a pré-história até a contemporaneidade. As inscrições são feitas pelo site bit.ly/adelinaart.

Casa do Saber. A Casa do Saber estendeu até 30 de abril o acesso gratuito à sua plataforma de cursos online (digital.casadosaber.com.br), que podem ser assistidos a qualquer horário. Entre os da área, há um ministrado pelo professor Agnaldo Farias, que aborda temas como as “rupturas e as retomadas” da arte contemporânea. A produção multifacetada de Leonardo da Vinci é abordada em outro curso, ministrado por Eduardo Kickhöfel. Há ainda um de introdução à história da arte, com foco na Paris dos séculos 19 e 20, conduzido pelo professor Renato Brolezzi.

Aura. Os cursos da galeria abarcam até temas como o colecionismo de arte, que é abordado por Nei Vargas em duas aulas nos dias 28 e 29 de abril, às 18h. Em 12 e 13 de maio, às 18h, Paola Fabres apresenta o curso Arte Contemporânea, Vale Tudo?, que inclui discussões sobre as noções de arte e as “transformações do gosto”. As aulas têm entre 1h30 a 2h de duração. Cada curso custa R$ 100. Para se inscrever, acesse: aura.art.br/cursos.

Filosofia da arte. Para quem se interessa por filosofia da arte, mas não tem necessariamente familiaridade com os textos dessa área, Natália Leon apresenta a disciplina de forma panorâmica, em um curso anual dividido em dez módulos, que podem ser acompanhados de forma independente (cada um custa R$ 370). Assim, mesmo quem perdeu os iniciais, ainda pode se inscrever para os próximos. O terceiro módulo, que vai de 4 a 25 de maio (às segundas-feiras, das 20h às 22h30), inclui discussões como a “história da história da arte”, o nascimento da crítica e a noção do belo em Kant. Inscrições pelo e-mail filodaarte@gmail.com.

Superbacana+. Promovido pelo espaço Superbacana+, que costuma receber atividades de arte e design, o curso Arte Contemporânea, uma Introdução Breve mas Geral é conduzido pelo professor Agnaldo Farias. As aulas já começaram, mas ainda é possível assistir às próximas de forma avulsa. Elas ocorrem às segundas e às quartas-feiras, das 19h às 20h30, e vão até 20 de maio. Com uma abordagem não necessariamente cronológica, o professor mostra os desdobramentos da arte contemporânea em diferentes linguagens, como cinema, arquitetura, dança e design. Para informações sobre inscrições e valores: 11-3815-8429.

Rodrigo Naves. Um dos mais prestigiados da cidade, o curso de História da Arte do crítico Rodrigo Naves está com inscrições abertas para o módulo sobre o Barroco, transmitido online. Há duas turmas: uma às segundas-feiras, das 20h30 às 23h, e outra às quartas-feiras, das 9h30 às 12h. A mensalidade é de R$ 380. Mais informações pelo e-mail camilarodrigo@uol.com.br ou pelo WhatsApp: 11-3258-7359.

Fonte: Estadão

 

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
14/07/2020
Clube Português de São Paulo comemora hoje 100 anos de fundação
14/07/2020
Grande Prémio de Romance e Novela da APE com cinco finalistas
14/07/2020
ABL firma parceria para distribuição de 4,5 mil livros
14/07/2020
Três co-produções portuguesas na competição de curtas do Festival de Locarno
14/07/2020
MP que libera R$ 3 bilhões para o setor cultural brasileiro é publicado
14/07/2020
Rede de Museus do Douro lança passaporte que dá descontos