home > notícias

MUNDO

27/04/2020

Projeto de lei tenta socorrer editoras e livrarias em meio à crise do coronavírus

Crédito a juros abaixo dos praticados pelo mercado e financiamentos de baixo valor estão entre medidas previstas

Um projeto de lei (PL 2148/2020) apresentado nesta quinta-feira (23), pelo senador Jean Paul Prates (PT/RN), tenta alterar a política nacional do livro para socorrer editoras em meio à crise do coronavírus. As medidas anunciadas atendem aos pedidos que editores independentes e entidades do livro têm feito, em cartas abertas e reuniões, ao Ministério da Economia e ao BNDES, por exemplo.

O projeto altera o artigo 7º da política nacional do livro, que determina, de forma vaga, que o Executivo deve criar formas de financiamento para o meio editorial, com linhas de crédito específicas. O PL quer alterar esse artigo para incluir diversas especificidades. 

Se for aprovado, bancos e agências de fomento pública deverão oferecer crédito a empresas da cadeia editorial a juros abaixo dos praticados pelo mercado e financiamentos de baixo valor, de menos de R$ 10 mil.

Outra das medidas seria flexibilizar a análise de crédito que tais bancos e agências realizam a fim de, por exemplo, aprovar financiamento para empresas inadimplentes. O mercado editorial também estaria dispensado - ou pelo menos contaria com mais flexibilidade - na hora de apresentar garantias diante dos empréstimos. Editoras e livrarias poderiam, entre outros pontos, oferecer seus estoques como garantia.

Fonte: Gaúcha ZH

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
14/07/2020
Clube Português de São Paulo comemora hoje 100 anos de fundação
14/07/2020
Grande Prémio de Romance e Novela da APE com cinco finalistas
14/07/2020
ABL firma parceria para distribuição de 4,5 mil livros
14/07/2020
Três co-produções portuguesas na competição de curtas do Festival de Locarno
14/07/2020
MP que libera R$ 3 bilhões para o setor cultural brasileiro é publicado
14/07/2020
Rede de Museus do Douro lança passaporte que dá descontos