home > notícias

MUNDO

04/05/2020

Pedro Costa premiado com o Presistence of Vision Award 2020

É um prémio que “honra um cineasta cuja obra vai para além das tradicionais fronteiras do cinema narrativo”. Vai ser entregue ao realizador português em cerimónia a realizar em 2021.

 

A San Francisco Film Society e o Festival Internacional de Cinema de São Francisco anunciaram hoje a atribuição do Prémio Golden Gate Persistence of Vision 2020 ao realizador português Pedro Costa. É um prémio que, segundo descrição da San Francisco Film Society, que promove o festival, “honra um cineasta cuja obra vai para além das tradicionais fronteiras do cinema narrativo”, como anteriores recipientes da distinção, casos de Robert Frank, Matthew BarneyJohan van der KeukenKenneth Anger ou Errol Morris.

“Desde o final dos anos 80 que o cineasta português Pedro Costa desenvolveu uma pessoal forma de colaboração não-ficcional. Os seus colaboradores criativos são o assunto dos seus filmes, e com um estilo cinemático que combina observação e recriação ficcional, emerge um cinema de arte que funde documentário com avant-garde. Ao longo dos seus nove filmes, Costa explorou as lutas terrenas e espirituais de pessoas marginalizadas, sempre com uma paleta sedutora, evidenciando inigualável comando da luz e da sombra”.

Era desta forma que a San Francisco Film Society e o Festival Internacional de Cinema de São Francisco pretendiam comunicar a sua decisão, convidando os espectadores para uma sessão a 18 de Abril em que a entrega do prémio e uma conversa com o realizador seriam seguidas da projecção do filme Vitalina VarelaNome da protagonista do filme, um ensaio de Johnny Ray Huston, acompanhando a divulgação do prémio, filia-a em exemplos quer do melodrama clássico, como Mildred Pierce, quer do rigor formal de Jeanne Dielman, 23, quai du commerce, 1080, Bruxelles, de Chantal Akerman. Como explica a exibidora do filme, a Midas Filmes, tendo o evento sido cancelado em virtude das medidas impostas de combate à pandemia que levaram ao cancelamento ou adiamento de todos os festivais de cinema, a San Francisco Film Society decidiu só agora tornar pública a intenção de premiar o realizador, reservando para 2021 o momento da entrega.

Fonte: Público

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
22/09/2020
Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil tem novo presidente
21/09/2020
Pesquisadora brasileira descobre biografia de D. Pedro II escrita por Machado de Assis
21/09/2020
Panorâmico de Monsanto ganha obras de Arte Pública com 'selo' do Iminente
21/09/2020
Restauro da Igreja de Santa Isabel vence Prémio Vilalva da Gulbenkian
21/09/2020
Pandemia, ambiente e consciência ecológica na 5.ª edição do Lisboa Soa
21/09/2020
Escritor António Carlos Cortez vence Prémio Ruy Belo com 'Jaguar'