home > notícias

MUNDO

08/06/2020

Os bastidores da Companhia Nacional de Bailado em formato digital

Em 2018, Millicent Hodson e Kenneth Archer — os dois grandes responsáveis pela recriação histórica do bailado polémico “A Sagração da Primavera”, de 1913, com música de Igor Stravinsky e coreografia de Nijinsky — voltaram à Companhia Nacional de Bailado para dirigirem a sua reconstituição para uma nova geração de bailarinos da CNB (já lá tinham estado em 1994, data em que a obra passou a fazer parte do repertório da companhia). A passagem dos dois arqueólogos da dança ficou registada numa conversa em vídeo, onde desmontam muitos dos detalhes desta intrincada peça revolucionária. Este testemunho é um dos documentos-vídeo que a CNB tem vindo a colecionar sob o nome de “Outras Danças” e que está disponível online.

Fonte: Expresso



NOTÍCIAS RELACIONADAS
11/01/2021
Parlamento homenageia Carlos do Carmo, “voz ímpar do fado e da canção”
11/01/2021
Museu da Marioneta começa ano com teatro sobre o pensamento
11/01/2021
“Lisboa Menina e Moça” passa a ser a canção oficial da cidade
11/01/2021
Fantasporto regressa com edição entre 23 de fevereiro e 7 de março
11/01/2021
SPA cria Prémio Carlos do Carmo para melhor disco de fado
11/01/2021
Saudade eleita Palavra do Ano de 2020 na votação promovida pela Porto Editora