home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

29/06/2020

Web Summit adiada para dezembro. Vai decorrer online e presencialmente [Portugal]

Evento mundial de tecnologia e empreendedorismo, que tem lugar anualmente em Lisboa, foi adiado um mês. Vai realizar-se entre 2 e 4 de dezembro

 

AWeb Summit vai ser adiada um mês, realizando-se num formato que mistura o online com o offline, na sequência da pandemia de covid-19. A organização do evento mundial de tecnologia e empreendedorismo, que acontece anualmente em novembro em Lisboa, adiantou esta quarta-feira que a edição de 2020 irá decorrer entre 2 e 4 de dezembro.

O formato da Web Summit no terreno ainda não é conhecido: será decidido apenas no início de outubro. “Nessa altura, qualquer decisão sobre o formato da Web Summit em Lisboa irá respeitar estritamente os protocolos de saúde de Portugal”, esclarece a organização fundada por Paddy Cosgrave em comunicado. “Essa decisão será revista semanalmente e sujeita a alterações aos protocolos de saúde até ao dia de abertura da Web Summit em Lisboa, a 2 de dezembro.”

Os bilhetes para a vertente presencial da Web Summit começarão a ser vendidos no início de outubro, enquanto os bilhetes para a componente online já podem ser comprados. Na internet, o evento vai contar com até 100 mil fundadores, parceiros e oradores. Novos detalhes serão conhecidos esta tarde, numa conferência de imprensa com Paddy Cosgrave.

Por agora, sabe-se apenas que a Web Summit online irá transmitir conferências a partir de um estúdio na Altice Arena – bem como de outros estúdios em diferentes cidades portuguesas – e “terá um foco significativo em ajudar a acelerar a recuperação económica de Portugal, trabalhando com as autoridades portuguesas de forma a promover os objetivos e mensagens-chave do país”.

Pela primeira vez, existirá também um canal exclusivamente dedicado a Portugal onde, durante três dias, executivos de startups líderes e de grandes empresas serão entrevistados, contando ainda com presença de universidades e de outras instituições de investigação. O canal irá ainda incluir conteúdos relacionados com a cultura, arte, tradição e turismo do país, apresentando Lisboa como “um destino tecnológico e montra de várias oportunidades de investimento do país”.

Também o programa Road2WebSummit, que resulta de uma parceria entre a Startup Portugal e a Web Summit, irá manter-se normalmente. Serão ainda distribuídos 100 bilhetes para startups portuguesas escolhidas pela Startup Portgual.

Recorde-se que já está neste momento a decorrer o Collision From Home, formato online de outro evento organizado pela Web Summit, que habitualmente tem lugar em Toronto, no Canadá. A Web Summit online terá um formato semelhante.

“O sector dos eventos para negócios vale 1,5 biliões de dólares, aproximadamente 100 vezes a dimensão do sector da música. O objetivo de muitas pessoas nestes eventos é networking”, continua a organização que organiza os eventos Web Summit, Rise e Collision. “Temos vindo a desenvolver software que permite que as pessoas se conectem nos eventos há mais de meia década, por isso pudemos transitar naturalmente para o online. Esperamos que a nossa plataforma permita a pessoas de todo o mundo criarem relações valiosas e com significado, de certa forma semelhantes às do mundo real.”

Fonte: Expresso

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/07/2020
Novos apoios europeus podem chegar já em 2020 às empresas portuguesas [Portugal]
13/07/2020
CNI: acordo traz segurança a comércio exterior de produtos brasileiros [Brasil]
13/07/2020
Pandemia impulsiona investimento na saúde digital para valores recorde [Portugal]
13/07/2020
Consumo de bens industriais cresce 3% em maio [Brasil]
13/07/2020
Grandes marcas reajustam negócios sem despedir [Portugal]
13/07/2020
Confiança da indústria mantém recuperação, revela CNI [Brasil]