home > notícias

MUNDO

21/07/2020

Cônsul Adjunto de SP teve almoço de “despedida” em Santos

Por iniciativa do presidente da Casa da Madeira de Santos, Fernando Pereira, e do presidente do Centro Cultural Português de Santos, José Duarte de Almeida Alves, aconteceu no sábado, 11 de julho, um almoço à brasileira (feijoada) na própria sede da Casa da Madeira e com presença de muitos líderes associativos da baixada, presidentes e diretores.

O encontro representou um “reconhecimento” da comunidade pelo trabalho feito pelo Hugo Gravanita durante sua estada no Brasil, e foi marcado por diversas manifestações de vários presentes, além do próprio homenageado que recebeu os agradecimentos, vários mimos, uma calorosa salva de palmas e “vivas ao futuro promissor” como desejo de todos.

Depois de quatro anos no Brasil, na função de Cônsul Adjunto do Consulado Geral de Portugal em São Paulo, Hugo Gravanita retorna para Lisboa já no final deste mês, para novas funções no próximo mês já na Embaixada de Portugal em Washington DC.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros deverá indicar outro funcionário para seu lugar em São Paulo.

No Brasil Hugo Gravanita representou o Consulado Geral em compromissos e eventos pela Grande São Paulo, várias praças pelo interior do Estado, como Campinas e região, Ribeirão Preto, Araraquara, Sorocaba e tantas outras cidades, além do Grande ABC e Baixada Santista. Por onde passou fez amizades e fez aproximações com líderes associativos, comunidade, autoridades e empresários.

Neste almoço Gravanita falou aos presentes para agradecer os elogios por ele recebidos, especialmente no sentido do reconhecimento do trabalho feito durante este período em São Paulo.

Disse que vê a comunidade da região “muito ativa” além de ser muito numerosa é “muito ativa, muito unida que tem orgulho do seu passado, da história, da sua cultura, como a dignifica todos os dias e luta para que ela se mantenha viva, e assim acaba por ser fácil para os representantes do Estado português, quando temos que descer aqui para Santos, sair de São Paulo e temos aqui o apoio necessário”, disse ele fazendo referências ao Escritório Consular e associações luso brasileiras localizadas na Baixada.

O encontro acabou por ser a despedida do representante consular.

Fonte: Mundo Lusíada



NOTÍCIAS RELACIONADAS
26/10/2020
Governo português cria estratégia nacional para o património cultural imaterial
26/10/2020
Embaixador João Ribeiro de Almeida nomeado presidente do Instituto Camões
26/10/2020
1º festival drive-in de cinema brasileiro em Portugal com novas datas
26/10/2020
Pesquisadores pedem classificação dos novos achados arqueológicos da Sé de Lisboa
26/10/2020
Sete autores portugueses nomeados para prémio literário sueco ALMA
26/10/2020
Teatro de S. Carlos recupera O Pequeno jardim do Sr. Lacerda