home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

03/08/2020

Novos empréstimos dos bancos a empresas aumentaram 30% no primeiro semestre [Portugal]

No caso dos particulares, os bancos emprestaram 833 milhões de euros para a compra de casa em Junho. No crédito ao consumo, foram concedidos 318 milhões de euros.

O novo crédito dos bancos às empresas totalizou 19.523 milhões de euros entre Janeiro e Junho, o que representa mais 30% do que nos primeiros seis meses de 2019, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal.

Só no mês de Junho, foram emprestados pelos bancos às empresas 3660 milhões de euros, mais 38% face a Junho de 2019. Já em relação ao emprestado em Maio (4939 milhões de euros) há uma redução de 26%.

As empresas têm recorrido a empréstimos bancários com garantia do Estado para fazer face às consequências da crise desencadeada pela covid-19.

Já no caso dos particulares, o valor emprestado em Junho para a compra de habitação foi de 833 milhões de euros, mais três milhões do que o cedido em Maio (830 milhões de euros).

No total, desde o início do ano, os bancos emprestaram 5342 milhões de euros para a compra de casa, acima 8,4% dos 4926 milhões de euros do crédito hipotecário novo nos primeiros seis meses de 2019.

Ainda segundo os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal, no crédito ao consumo foram concedidos em Junho 318 milhões de euros, acima dos 236 milhões de euros de Maio.

Já nos empréstimos às famílias com outros fins, o valor concedido em Junho foi de 179 milhões de euros, acima dos 158 milhões de euros de Maio e dos 174 milhões de euros de Junho do ano passado.

Quanto aos juros cobrados pela banca, em Junho, a taxa média dos novos empréstimos a empresas aumentou 17 pontos base face a Maio, para 1,73%.

A taxa de juro das operações acima de um milhão de euros foi de 1,58% (1,46% em Maio) e a das operações abaixo de um milhão de euros de 1,83% (1,60% em Maio).

Já nas novas operações de crédito à habitação, a taxa de juro média subiu quatro pontos base para 1,16%.

Nos empréstimos ao consumo, a taxa de juro média aumentou para 6,67%, enquanto nos empréstimos para outros fins para 2,79%. Em Maio, estes valores foram de 6,55% e 2,66%, respectivamente.

Fonte: Público

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
14/09/2020
Governo quer aumentar em 60% investimento em investigação no setor agroalimentar [Portugal]
14/09/2020
Economia com reforma administrativa deve chegar a R$ 300 bilhões [Brasil]
14/09/2020
Portugal continua a ser o país da UE com maior crescimento no mercado dos carros usados [Portugal]
14/09/2020
PIB de SP se aproxima de nível registrado antes da pandemia [Brasil]
14/09/2020
Transportes públicos terão oferta completa com a reabertura das escolas [Portugal]
14/09/2020
Safra de grãos deve ser 4,2% superior à produção de 2019, diz IBGE [Brasil]