home > notícias

MUNDO

10/08/2020

Bienal Internacional de Gravura do Douro 'espalha' 1.300 obras pelo Norte

A Bienal Internacional de Gravura do Douro dá hoje início à celebração da sua 10.ª edição, com uma homenagem ao artista plástico Silvestre Pestana e vai espalhar 1.300 obras em 10 localidades do Norte de Portugal.

Na edição de 2020, o evento arranca com uma exposição de homenagem a Silvestre Pestana, poeta, artista plástico e performer, no Museu do Côa, em Vila Nova de Foz Côa, no ano em que esta unidade museológica também comemora 10 anos.

A bienal prolonga-se até 31 de outubro com a realização de 16 exposições, conferências e oficinas, contando com a participação de 625 artistas, oriundos de 64 países, e com a exposição de 1.300 obras em 10 localidades do Norte de Portugal.

A Bienal Internacional de Gravura do Douro nasceu em 2001, pelas mãos de Nuno Canelas, natural de Alijó, com a ambição de descentralizar a cultura e promover a arte da gravura.

Fonte: Notícias ao Minuto

 

 

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
15/09/2020
Música.Doc: In-Edit Brasil já começou e seguirá até o dia 20 de setembro com a sua 12ª edição
14/09/2020
São Paulo Companhia de Dança inicia exibição online da Temporada 2020
14/09/2020
Feira do Livro do Porto recebeu cerca de 100 mil visitantes
14/09/2020
Festival One Man Band na programação do Teatro da Guarda
14/09/2020
Três centenas de cartoons em exposição nas Caldas da Rainha
14/09/2020
Vencedora do Prémio Guggenheim faz estreia internacional em Lisboa