home > notícias

MUNDO

14/09/2020

Festival Internacional de Magia de regresso a Coimbra durante seis dias

Coimbra recebe durante seis dias, de 15 a 20 de setembro, os Encontros Mágicos - 24.º Festival Internacional de Magia, com muitas alterações devido à pandemia da covid-19, mas com garantia de criatividade e inovação, foi hoje anunciado.

"Fomos obrigados a abdicar de algumas componentes deste festival, mas nunca desistimos de o realizar. Este ano é uma edição em que praticamente tudo é diferente, mas mantém-se a garantia de qualidade, de criatividade e inovação", disse Carina Gomes, vereadora do município de Coimbra, entidade promotora do evento.

Mágicos de 15 companhias internacionais, de seis países, vão realizar 82 espetáculos em sete locais emblemáticos da cidade - Praça 08 de maio, Claustro do Museu Machado de Castro, Jardins de São Bernardo, Jardins Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, Praça das Bandeiras, Jardins do Restaurante do Convento São Francisco e na Antiga Igreja do Convento São Francisco.

Segundo Carina Gomes, responsável pelo pelouro da Cultura, as alterações introduzidas no evento produzido pelo mágico português Luís de Matos permitem cumprir todas as indicações das autoridades de saúde e assim organizar um "festival único no país, que é uma marca importante no calendário cultural e turístico de Coimbra".

Nesta edição, que não conta com os habituais espetáculos em locais emblemáticos como o Hospital Pediátrico ou no Estabelecimento Prisional, as Grandes Galas Internacionais de Magia terão lugar no grande auditório do Convento São Francisco, nos dias 18 e 19 de setembro, com a sua lotação reduzida a metade, embora exista a possibilidade de se realizarem sessões extras.

Está de regresso, segundo Luís de Matos, a Escola da Magia, com seis sessões, repartidas por dois níveis e para crianças com necessidades especiais, que nesta edição vai decorrer no dia 16 na sala conventual do Convento São Francisco.

Para aceder aos espetáculos, que continuam a ser gratuitos, o público terá de reservar bilhete através da ?tiketline' por causa da lotação dos espaços, o que pode ser feito já a partir de hoje.

O produtor do evento, Luís de Matos, garantiu que está salvaguardado o distanciamento físico entre espetadores e o controle de acesso a locais públicos devidamente delimitados, com portais de entrada e saída, além da disponibilização de máscaras, porta-máscaras e álcool gel.

Salientando que o grande desafio é a segurança do público e dos artistas, que marca a diferença no evento deste ano, Luís Matos frisou a existência de portagens de saída e de entrada, reserva de bilhetes e o afastamento físico para evitar qualquer situação de contágio.

Os Encontros Mágicos trazem a Coimbra dois campeões do mundo, um em magia de palco e outro na área do mentalismo e humor, e um prémio mundial em magia de mesa.

"O programa nasce da ambição e não da contingência", salientou Luís de Matos, que considerou o painel de mágicos "de uma primeira linha inacreditável", pelo que "não vai ser óbvio que o cartaz de 2020 aconteceu durante a pandemia".

Fonte: Notícias ao Minuto

 

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
02/03/2021
Conselho Internacional de Monumentos pede investimento na cultura
02/03/2021
Pinacote exibe a Exposição OS GÊMEOS: Segredos
02/03/2021
Administração do Teatro Nacional de São João reconduzida até 2023
02/03/2021
Leonardo da Vinci - 500 anos de um gênio
01/03/2021
Rede Cultural de Sintra quer dar "maior apoio" a artistas locais
01/03/2021
Festival de Berlim de 2021 tem estreia virtual, com gênero neutro e poucos brasileiros