home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

11/01/2021

Empresas perspectivam aumento de 4,9% nas exportações em 2021 [Portugal]

De um sentimento profundamente negativo, registado em Maio de 2020, altura em que os empresários portugueses perspectivaram quebras nas exportações de 13%, para um sentimento positivo, registado em Novembro: afinal, as empresas exportadoras de bens esperam um crescimento nominal de 4,9% das suas exportações em 2021 face ao ano anterior.

No inquérito sobre a Perspectiva de Exportações de Bens divulgado esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), as respostas dos empresários representaram uma melhoria face às perspectivas indicadas no inquérito precedente, mas ainda não permitem uma recuperação para valores próximos dos registados antes da pandemia.

“Efectivamente, a confirmarem-se estas perspectivas, o valor das exportações de bens em 2021 corresponderá a um nível 12,8% inferior ao total das exportações de bens verificado em 2019”, escreve a autoridade estatística nacional.

De acordo com os resultados do inquérito, as perspectivas das empresas exportadoras de bens apontam para um acréscimo de 4,4% nas exportações para os mercados extracomunitário e de 5,2% para os países Intra-UE.

Estes resultados positivos excluem a rubrica dos Combustíveis e Lubrificantes. Por grandes categorias económicas, destacam-se as perspectivas de aumento das exportações de Máquinas, outros Bens de Capital (excepto o material de transporte) e seus acessórios (+5,5%), dos Fornecimentos industriais não especificados noutra categoria (+5,1%) e do Material de transporte e acessórios (+4,7%), principalmente para os mercados Intra-UE.

Fonte: Público



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/01/2021
Procura de moradias cresce 34% [Portugal]
18/01/2021
Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões [Brasil]
18/01/2021
Apoio às rendas comerciais vai sair do papel: dinheiro chega às empresas em fevereiro [Portugal]
18/01/2021
Conab estima colheita de 264,8 milhões de toneladas de grãos [Brasil]
18/01/2021
Covid-19: Apoio à redução da atividade pode ser pedido entre 01 e 10 de fevereiro [Portugal]
18/01/2021
IBGE: setor de serviço sobe 2,6% em novembro, sexta alta consecutiva [Brasil]