home > notícias

MUNDO

26/01/2021

Congresso Internacional Fernando Pessoa 2021 realiza-se em outubro na Gulbenkian

O Congresso Internacional Fernando Pessoa 2021 foi anunciado para os dias 13 a 15 de outubro, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, para pensar sobre o poeta, conhecer novas pesquisas, debater e homenagear os que investigaram sobre o escritor.

O anúncio foi feito hoje pela Casa Fernando Pessoa, que promove este encontro, em que especialistas de todo o mundo, estudiosos da obra do poeta e dos seus heterônimos, se encontram, presencialmente e à distância, para “apresentar propostas recentes e inovadoras”, sobre a sua obra.

Para esta edição do congresso foi formada uma Comissão Organizadora, composta pelos investigadores Antonio Cardiello, Joana Matos Frias, Pedro Sepúlveda e Rita Patrício, mas por enquanto ainda não estão disponíveis mais informações, que irão sendo publicadas regularmente no ‘site’, refere a Casa Fernando Pessoa, adiantando que existe um endereço de correio eletrônico criado exclusivamente para assuntos referentes ao congresso: congressointernacionalfp@casafernandopessoa.pt.

“Em breve, será feito uma chamada para apresentações de investigadores. Esta ‘call for papers’ será dirigida a doutorandos e recém-doutorados”, indica, em comunicado, a Casa Fernando Pessoa.

A anterior e quarta edição do Congresso Internacional Fernando Pessoa decorreu em 2017, também na Fundação Calouste Gulbenkian, com a participação de investigadores como António Feijó, Richard Zenith, Gustavo Rubim, Helder Macedo, José Gil, Arnaldo Saraiva, Fernando Martinho e José Blanco, entre outros.

Fonte: Mundo Lusíada



NOTÍCIAS RELACIONADAS
02/03/2021
Conselho Internacional de Monumentos pede investimento na cultura
02/03/2021
Pinacote exibe a Exposição OS GÊMEOS: Segredos
02/03/2021
Administração do Teatro Nacional de São João reconduzida até 2023
02/03/2021
Leonardo da Vinci - 500 anos de um gênio
01/03/2021
Rede Cultural de Sintra quer dar "maior apoio" a artistas locais
01/03/2021
Festival de Berlim de 2021 tem estreia virtual, com gênero neutro e poucos brasileiros