home > notícias

ASSOCIADOS

11/03/2021

Dia Mundial do Rim: especialista da BP fala sobre cuidados preventivos e diagnóstico precoce das doenças renais [BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo]

Os rins são pequenos órgãos (de 10 a 13 cm em um adulto) localizados um de cada lado da coluna vertebral, abaixo das últimas costelas. Apesar de pequenos, eles são essenciais para a saúde do organismo. Dentre as muitas funções que exercem no corpo, os rins são responsáveis por eliminar as toxinas filtradas do sangue; pelo equilíbrio essencial do pH para que as enzimas e proteínas sejam processadas corretamente; pelo controle da água corporal, não permitindo acúmulo ou perda desnecessária; e pela produção de dois hormônios muito importantes: a vitamina D na forma ativa, que auxilia na saúde dos ossos, e a eritropoietina, que evita a anemia.

 

Sendo tão importantes para o organismo, é fundamental saber como cuidar bem e prevenir doenças nos rins, cujo dia mundial é comemorado hoje, 11 de março. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia, um em cada dez brasileiros sofre de doenças renais e, por isso, evitar ou tratar os fatores que as desencadeiam são as únicas formas de prevenção. “O ideal é realizar exames de sangue (creatinina e ureia) e urina de maneira regular, pois os sintomas podem demorar muito para aparecer e só irão se manifestar quando a função renal já está muito reduzida”, afirma Tereza Bellincanta Fakhouri, nefrologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

 

Além de manter os exames em dia, a especialista alerta para outras medidas que podem ser adotadas para prevenir problemas renais. “Beber bastante água ajuda os rins a realizar o trabalho, assim como evitar alimentos ricos em sódio (sal). Os rins geralmente refletem a condição de saúde da pessoa e, portanto, controlar bem doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial faz parte do cuidado com esses órgãos. A atenção com a alimentação e a prática de exercícios físicos regulares são ótimas medidas para quem quer cuidar bem dos rins”, reforça Tereza.

 

A idade também provoca uma perda de função renal, esperada com o envelhecimento. Com isso, mais exames podem ser requeridos para avaliar o estado dos rins, bem como o monitoramento dos fatores de riscos associados. “Se há pessoas com problema renais na família, o acompanhamento deve ser iniciado antes do previsto, mas o mais importante é observar outras condições de saúde da pessoa como outras doenças que podem levar a um quadro de desequilíbrio renal. Eventualmente, um problema no coração pode alterar a recomendação de ingestão de água ou o diabetes pode exigir uma dieta diferente para a pessoa com problemas nos rins. Por isso o cuidado é muito individualizado e o acompanhamento médico, essencial”, destaca a nefrologista.

 

Além dos fatores de prevenção como dieta e controle de comorbidades, é importante estar alerta aos sintomas, que podem ser discretos e variar, dependendo da causa do problema renal. “De maneira geral, inchaço (edema), cansaço, fraqueza, falta de apetite e sonolência podem ser sintomas de que algo de errado está acontecendo com os rins. Algumas pessoas podem também notar a urina espumosa. Por isso é importante estar atento, pois com o diagnóstico tardio a função renal já deverá estar bastante comprometida, sendo nestes casos necessário um tratamento dialítico ou até mesmo transplante renal. Desta forma, a prevenção e o diagnóstico precoce das doenças renais são essenciais para um tratamento eficaz e maior preservação das funções deles, que são órgãos tão importantes para a saúde”, conclui a médica da BP.

 

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/04/2021
19 a 25 de abril - Descubra como se mudar para Portugal de forma seguda, planejada e descomplicada [Vou mudar para Portugal]
13/04/2021
Queda na realização de consultas em pacientes crônicos já gera descompensação, alertam médicos [BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo]
13/04/2021
Webinar: Arbitragem 2 Mundos
13/04/2021
Evento: Desrobotização: Mais Humanos em Tempos de Digitalização [Latourrette Consulting]
13/04/2021
Liminar do STF Sobre Patentes Farmacêuticas e Relativas à Área da Saúde [Pinheiro Neto Advogados]
13/04/2021
Veja a entrevista do Dr. Jorge Sanchez para a Rede Brasil de Televisão [Sanchez e Sanchez Sociedade de Advogados]