home > notícias

ASSOCIADOS

23/03/2021

EDP assina ordem de serviço para construção de subestação de energia em Vitória [EDP]

Foto: Prefeito Lorenzo Pazolini e o diretor da EDP, Fernando Saliba

Empreendimento contará com investimento de R$ 21 milhões e beneficiará 138 mil habitantes, aprimorando a qualidade do fornecimento elétrico

Na manhã do dia 16/3, foi assinada a ordem de serviço de início das obras da Subestação Tabuazeiro. A cerimônia, realizada na Prefeitura de Vitória, contou com a presença do prefeito Lorenzo Pazolini e do diretor da EDP, Fernando Saliba. A reunião seguiu todos os protocolos sanitários vigentes de combate à Covid-19.

O empreendimento, que beneficiará 138 mil habitantes da capital, contará com um investimento da ordem de R$ 21 milhões e a geração de 200 postos de trabalho durante as obras. A subestação eleva a capacidade do sistema energético e foi planejada para ampliar a capacidade de abastecimento de energia e assegurar o crescimento econômico local.

“Com este investimento, a EDP reforça a infraestrutura de distribuição contribuindo para o desenvolvimento econômico da capital, contribuindo com a geração de empregos e melhorando a qualidade no fornecimento de energia dentro de elevadas condições técnicas e de segurança”, afirma Fernando Saliba.

A nova subestação será erguida em uma área de 2,5 mil metros quadrados no bairro de Tabuazeiro e está prevista para entrar em operação em 10 meses. A subestação Tabuazeiro somará as outras 96 subestações que compõem a rede de distribuição da EDP, sendo a sétima instalada na cidade de Vitória.

A subestação contará com dois níveis de tensão (34,5/11,4 kV), um transformador de 24 MVA distribuídos em quatro alimentadores de média tensão, trazendo maior confiabilidade e qualidade. A operação da subestação será telecomandada via Centro de Operação Integrado (COI). Totalmente digitalizadas, as unidades possuem sistemas de supervisão, comando, controle e proteção. Além disso, contam com vídeo-monitoramento para segurança, o que também permite aos operadores do COI visualizarem, de forma remota, as operações e serviços realizados nos equipamentos de alta tensão.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/04/2021
19 a 25 de abril - Descubra como se mudar para Portugal de forma seguda, planejada e descomplicada [Vou mudar para Portugal]
13/04/2021
Queda na realização de consultas em pacientes crônicos já gera descompensação, alertam médicos [BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo]
13/04/2021
Webinar: Arbitragem 2 Mundos
13/04/2021
Evento: Desrobotização: Mais Humanos em Tempos de Digitalização [Latourrette Consulting]
13/04/2021
Liminar do STF Sobre Patentes Farmacêuticas e Relativas à Área da Saúde [Pinheiro Neto Advogados]
13/04/2021
Veja a entrevista do Dr. Jorge Sanchez para a Rede Brasil de Televisão [Sanchez e Sanchez Sociedade de Advogados]