home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

01/03/2021

Preços dos imóveis vão baixar, com o fim das moratórias [Portugal]

Os valores dos imóveis vão sofrer alterações, chegando mesmo a piorar, quando as moratórias terminarem. O mercado imobiliário vai registar uma descida nos preços dos imóveis, apesar do desempenho positivo do setor imobiliário, face às circunstâncias da Covid-19, revela a consultora imovendo no relatório regional de fevereiro.

O impacto fez-se sentir no início do ano, quando foi registado 64% dos municípios portugueses a evidenciar uma estagnação no preço dos apartamentos, contra 42% das moradias.

Em janeiro, apenas 36% dos municípios apresentava um valor mais alto de m2, nos apartamentos, face ao mesmo período homólogo. O distrito do Porto foi o único a apresentar quantias mais próximas, entre apartamentos e moradias.

Lê-se no relatório que este efeito começou há três meses, quando os municípios evidenciaram uma desaceleração igual a 58% dos preços praticados nos apartamentos, e de 29% nas moradias.

Isto acontece, refere a consultora, devido ao aumento do desemprego, à subida da incerteza económica nacional quanto aos próximos seis meses e, sobretudo, à previsão do fim das moratórias que, caso não ocorra de forma gradual, poderá impor uma pressão do lado da procura, de modo a, que os preços sejam ajustados em baixa.

“O crescente peso dos municípios que apresenta sinais vermelhos em termos de evolução homóloga dos preços é um sinal de que a pressão para que os asking prices sejam revistos em baixa será cada vez maior, promovendo um círculo vicioso de sucessivos ajustamentos em baixa, que permitirá que 2021 seja sinónimo de inversão do mercado e de novas oportunidades de investimento a preços mais competitivos”, sustenta o CEO da imovendo.

A Imovendo alerta ainda para o facto de que as moratórias devem ser negociadas com as famílias, o mais cedo possível, para que a tendência de parte do inventário existente seja colocado no mercado a preços mais baixos. A antecipada queda dos preços justifica-se, aponta o relatório, pelo tempo médio de divulgação dos imóveis, que continua a expandir, sobretudo nos principais mercados imobiliários nacionais, como é o caso do distrito do Porto.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
05/04/2021
Portugal bate recorde de exportação de gás natural em Março [Portugal]
05/04/2021
Balança comercial tem superávit de US$ 1,482 bilhão em março [Brasil]
05/04/2021
Portugal sobe 13 lugares na paridade homens-mulheres, em ano de regressão mundial [Portugal]
05/04/2021
Governo faz semana de leilões com expectativa de retorno de R$ 10 bi [Brasil]
05/04/2021
Portugal tem um reforço de 500 milhões de euros para seguros de crédito [Portugal]
05/04/2021
BC libera oficialmente transferências bancárias pelo WhatsApp [Brasil]